17 de Julho – Dia Mundial da Justiça Internacional – World Day for International Justice

O Dia Mundial da Justiça Internacional celebra-se a 17 de julho; também conhecido como o Dia Internacional da Justiça ou Dia Internacional da Justiça Criminal, este dia relembra a importância dos tribunais no respeito pelos direitos humanos e na manutenção da igualdade dos direitos internacionais e civis em todo o mundo.

A data de 17 de julho foi escolhida para a comemoração deste dia porque foi em 17 de julho de 1998 que se adotou o Estatuto de Roma, o tratado que deu luz ao Tribunal Penal Internacional.

Este tribunal é o primeiro tribunal penal internacional permanente, estabelecido em Haia, Países Baixos, sendo responsável pelo julgamento dos crimes mais graves do planeta, desde genocídios a crimes contra a humanidade e crimes de guerra.

121 países acordaram em cooperar com o Tribunal Penal Internacional. A jurisdição universal dita que quem quer que cometa uma violação de Direitos Humanos pode ser julgado em qualquer país, independentemente de onde o crime tenha sido cometido.

O dia é aproveitado para chamar a atenção da sociedade relativamente a crimes graves que aguardam ainda julgamento, comemorando-se, ao mesmo tempo, os esforços da comunidade internacional para conseguir um mundo mais pacífico e justo.

World Day for International Justice, also referred to as Day of International Criminal Justice or International Justice Day is celebrated throughout the world on July 17 as part of an effort to recognize the emerging system of international criminal justice. July 17 was chosen because it is the anniversary of the adoption of the Rome Statute, the treaty that created the International Criminal Court.

Each year, people around the world use this day to host events to promote international criminal justice, especially support for the International Criminal Court. The day has been successful enough to attract international news attention, and for groups to use the day to focus attention on particular issues such as genocide in Darfur, Falun Dafa, and serious crimes of violence against women.

Fonte : Calendarr / SGMJ / KeepIn Calendar

16 de Julho – Dia Mundial da Cobra – World Snake Day

O dia 16 de julho assinala o Dia Mundial da Cobra com o objetivo de combater os mitos em torno das cobras; como um meio de espalhar algum carinho e de celebrar este animal.

Apesar da origem do dia não ser muito concreta, a data é celebrada em todo o mundo com entusiasmo pelos amantes da vida selvagem.

Um dos objetivos deste dia é preservar esta espécie animal que desempenha um papel importante no ecossistema, controlando roedores e pragas.

Curiosidades: existem mais de 3 mil espécies de cobras espalhadas por todos os continentes, com exceção da Antártida; um quarto é venenoso;  existem cobras que comem cobras venenosas; elas não têm ouvidos externos, nem pálpebras; elas cheiram com a língua; conseguem comer uma presa inteira, pois o maxilar inferior consegue se separar do superior; elas mudam de pele de três a seis vezes ao ano; algumas cobras do mar respiraram parcialmente pela pele, permitindo mergulhos longos.

As cobras tentam evitar o contato humano. Muitas vezes elas se enrolam ou se camuflam para não serem vistas. Os incidentes com mordidas de cobra ocorrem quando se pisam as cobras por acidente ou quando se perturba este animal.

July 16, observed as the World Snake Day, is an ideal occasion to know and understand many things about these carnivorous reptiles, which are on the path of extinction mainly because of the myths and superstitions surrounding them.

Snakes are one of the several groups of reptiles. They have long, slender bodies, no legs, no eyelids, no ears, and are covered in back-folded skin sections called scales. Like other reptiles, they use their surrounding heat to regulate their body temperature. Snakes’ flexible bodies allow them to stretch out to warm themselves, curl up to conserve body heat, or just warm a particular part of their bodies. They are found on land and in water, as well as in every habitat imaginable, except where it is very cold.

Due to urbanization and the generally bad impression the public has of snakes, snakes have been dying off at alarming numbers. Snakes losing their habitat often find new snake dens in gardens, chicken pens or basements. This puts snakes in danger of coming into contact with humans as almost all such encounters will result in the snakes being killed on sight. There have been instances where snakes ‘trespass’ on human habitations causing some destruction and having their heads smashed off as a result. Vigilante such as this can be avoided if people are more aware of snake behaviours. The general consensus is fear, people kill to protect themselves from what they see as threats.

Despite appearances, snakes are quite harmless. Most snakes are not venomous and would escape rather than attack when confronted with humans.
Snakes are vital in controlling crops damaging preys such as rats and mice. Some, like the sea snakes and pythons, are caught extensively as food in Asia but, although most are probably edible, snakes are not widely hunted for their meat. Their skin though is used widely for belts, bags, and shoes. Venom is removed from snakes for use in treating certain diseases and to make antivenin for snakebites.

Fonte : Calendarr / Toluna / KeepIn Calendar

Published in: on 16/07/2019 at 21:52  Deixe um comentário  
Tags: , ,

12 de Julho – Dia de São João Gualberto

João Gualberto, segundo filho dos Visdonini, nasceu no ano de 995 em Florença. Foi educado em um dos castelos dos pais, Gualberto e dona Villa, nobres e cristãos. A mãe cuidou do ensino no seguimento de Cristo. O pai os fez perfeitos cavaleiros, hábeis nas palavras e nas armas, para administrar e defender o patrimônio e a honra da família.

Mas a harmonia acabou quando o primogênito da família foi assassinado. Buscando vingar o irmão, João Gualberto saía armado e com seus homens à procura do inimigo. Na Sexta-Feira Santa de 1028, ele o encontrou vagando solitário, numa das estradas desertas da cidade. João Gualberto empunhou imediatamente sua espada, mas o adversário, desarmado, abriu os braços e caiu de joelhos implorando perdão e clemência em nome de Jesus.

Contam os biógrafos que, ouvindo seu pedido em nome do Senhor, João Gualberto jogou a espada, desceu do cavalo e abraçou fraternalmente o inimigo. No mesmo instante foi à igreja de São Miniato, onde aos pés do altar ajoelhou-se diante do crucifixo de Jesus. Diz a tradição que a cruz do Cristo se inclinou sobre ele, em sinal de aprovação pelo seu ato. E foi ali que João Gualberto ouviu o chamado: “Vem e segue-me”. Depois desse prodígio ocorrido na presença de muitos fiéis, uma grande paz invadiu sua alma e ele abandonou tudo para ingressar no mosteiro beneditino da cidade.

Nos anos seguintes João Gualberto tornou-se um humilde monge, exemplar na disciplina às regras, no estudo, na oração, na penitência e na caridade. Só então aprendeu a ler e a escrever, pois para um nobre de sua época o mais importante era saber manusear bem a espada. Adquiriu o dom da profecia e dos milagres, sendo muito considerado por todos. Em 1035, com a morte do abade, ele foi eleito por unanimidade o sucessor, mas renunciou de imediato quando soube que o monge tesoureiro havia subornado o bispo de Florença para escolhê-lo como o novo abade. Indignado, passou a denunciá-los e combatê-los, auxiliado por alguns monges. Mas as ameaças eram tantas que decidiu sair do mosteiro.

João Gualberto foi para a floresta dos montes Apeninos, numa pequena casa rústica encontrada na montanha Vallombrosa, sobre o verde Vale do Arno, seguido por alguns monges. O local começou a receber inúmeros jovens em busca de orientação espiritual, graças à fama de sua santidade. Foi assim que surgiu um novo mosteiro e uma nova congregação religiosa, para a qual João Gualberto quis manter as regras dos monges beneditinos.

No início o Papa aceitou com reserva a nova comunidade, mas depois a Ordem dos Monges Beneditinos de Vallombrosa obteve aprovação canônica. Dali os missionários, regidos pelas Regras da Ordem Beneditina reformada, se espalharam para evangelizar, primeiro em Florença, depois em várias outras cidades da Itália.

Seguindo com rigor a disciplina e austeridade às Regras da Ordem, João Gualberto implantou no Vale de Vallombrosa um centro tão avançado e respeitado de estudos que a própria Igreja enviava para lá seus padres e bispos para aprofundarem seus conhecimentos. Todos oravam e trabalhavam a terra, replantando os bosques do Vale e plantando o alimento do mosteiro, por isso são considerados precursores da agricultura auto-sustentável.

Considerado herói do perdão, João Gualberto fundou outros mosteiros, inclusive o de Passignano, na Umbria, onde morreu no dia 12 de julho de 1073. Nos séculos seguintes, esses monges se especializaram em botânica, tanto assim que foram convidados para fundar a cátedra de botânica na célebre Universidade de Pavia. Enquanto isto, as de Pádua, de Roma e de Londres buscavam naqueles mosteiros os seus mais capacitados mestres no assunto.

Canonizado em 1193, são João Gualberto foi declarado Padroeiro dos Florestais, pelo papa Pio XII, em 1951.

Fonte: Paulinas Online

12 de Julho – Dia de Malala – Malala Day

Em 12 de julho de 2013, Malala fez o primeiro discurso público desde o atentado, durante a reunião dos jovens líderes na Assembleia Geral da ONU, em Nova York. A data coincidiu com o seu aniversário de 16 anos e foi oficializada pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, como o “Dia de Malala”, em homenagem aos seus esforços para garantir educação para todos.

A paquistanesa Malala Yousafzai, de 17 anos, ganhadora do Nobel da Paz de 2014 junto com o indiano Kailash Satyarthi, não conquistou sua notoriedade de maneira fácil. A jovem se tornou conhecida ao mundo após ser baleada na cabeça por talibãs ao sair da escola, quando tinha 15 anos.

O ataque aconteceu no dia 9 de outubro de 2012. Malala seguia em um ônibus escolar. Seu crime foi se destacar entre as mulheres e lutar pela educação das meninas e adolescentes no Paquistão – um país dominado pelos talibãs, que são contrários à educação feminina.

Malala era conhecida por seu ativismo pelo direito por educação das garotas no Paquistão e, por isso, virou alvo dos extremistas, que pregavam contra a necessidade do ensino para meninas. O pai de Malala era dono de uma escola e também ativista da educação. Malala concedia entrevistas, tinha contato com a imprensa ocidental e também escrevia com um pseudônimo em um blog para a BBC em urdu (idioma do Paquistão).

Após o ataque, Malala recebeu tratamento médico no hospital Queen Elizabeth Hospital em Birmingham, na Inglaterra, onde a garota vive. Desde o atentado, sua história despertou grande interesse da comunidade internacional.

On July 12, 2013, Malala Yousafzai, a sixteen-year-old Pakistani girl engaged in the promotion of women’s education, delivered an impassioned speech at the United Nations (UN) headquarters on the need for gender equality in education. The address saw several rounds of standing ovations for the teenager and the day, July 12, which is also her birthday, was soon declared by the UN as Malala Day in honour of the young activist.

Fonte : History / The Indian Express / IKMR / G1

Scammers

Scammer é o nome em inglês para golpista virtual. São homens especialistas em criar perfis falsos para enganar mulheres em sites de relacionamento. Os scammers ganham a confiança da vítima até o ponto de pedir dinheiro para elas. Fazem parte de quadrilhas que agem quase sempre da mesma forma. Os perfis falsos anunciam homens atraentes, geralmente do Exército e que vivem no exterior em algum trabalho arriscado.

O golpista busca por algum retorno específico, informações bancárias ou pessoais, dinheiro, senhas ou algum outro artifício de valor. Eles geralmente agem de duas formas distintas: a primeira é roubo de informações a partir de links ou URL, prática conhecida como “phishing”. A segunda é a aproximação da vítima estabelecendo uma relação de confiança, podendo se apresentar como empresa, instituição ou como um pretendente.

O “scam romance” (também conhecido como “Catfish” ) é quando o criminoso estabelece um relacionamento com a vítima. Ele também pode ser chamado de “Golpe da Nigéria”, por ser comumente praticado por pessoas desse país onde o governo não tem como rastrear os criminosos. Após aplicar os golpes, os pretendentes desaparecem e criam novos perfis, aplicando novos golpes em outras vítimas.

Namoro online com desconhecidos – Nesse tipo de esquema, o golpista seduz e constrói uma relação amorosa com a vítima, geralmente mulher, através de um perfil falso. Os criminosos, após estabelecerem uma relação de confiança, alegam que estão com dificuldades financeiras e pedem uma determinada quantia em dinheiro. Em alguns casos, eles se passam por estrangeiros que precisam de dinheiro para ir de encontro às vítimas. Após receberem, desaparecem.

Outro método utilizado é dizer para as vítimas que estão mandando um presente e depois alegar que ficou preso na alfândega. Nesse momento, eles ligam para as parceiras e pedem uma quantia para liberá-lo.

É importante que a vítima de golpes online se dirija até uma delegacia e faça um boletim de ocorrência, já que é única forma legal de prestar queixa. O Instagram também possui uma Central de Privacidade e Segurança, responsável por verificar denúncias de violação dos Termos de Uso na plataforma. A denúncia pode ser feita pelo computador ou pelo aplicativo de celular.

Segundo um levantamento do Alerta na Rede, canal de denúncia de crimes digitais, do total de vítimas que denunciaram esse tipo de golpe entre outubro de 2016 e dezembro de 2017, 88% eram mulheres. Já o dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital, alerta que apenas nos dois primeiros meses de 2019, mais de 220 perfis falsos de scammers foram detectados.

Por se tratar de um golpista, geralmente esse tipo de ciber criminoso utiliza imagens de outras pessoas para enganar suas vítimas. Por isso peça para que a conversa seja feita por vídeo. Caso ele diga que não é possível e fuja do assunto, desconfie. Ele pode estar evitando mostrar sua real identidade.

Fonte : Domingo Espetacular / Tech Tudo / PSafe

21 de Junho – Dia Humanista Mundial – World Humanist Day

É uma efeméride comemorada anualmente pelos humanistas espalhados pelo mundo. O objetivo deste dia é fazer do mundo um melhor local, por encontrar meios que permitam a mudança. Aumentar o conhecimento do público de métodos científicos e celebrar os valores do Humanismo são outras finalidades desta data.

Criado nos anos de 1980, pela Associação Humanista Americana, esta é uma data para o livre pensamento, que é celebrada de diferentes formas de país para país e de local para local.

Enquanto alguns grupos humanistas privilegiam os encontros e as atividades informais como piqueniques e festas, outros preferem as conferências de reflexão ou o ativismo.

O Humanismo é “uma filosofia de vida democrática e ética, que afirma que os seres humanos têm o direito e a responsabilidade de dar significado e forma às suas próprias vidas. O Humanismo defende a construção de uma sociedade mais humana através da ética baseada em valores humanos e outros valores naturais no espírito da razão e da livre investigação por meio das capacidades humanas. Ele não é teísta, e não aceita visões sobrenaturais da realidade.”

World Humanist Day is a Humanist holiday celebrated annually around the world on the June solstice, which usually falls on June 21st. According to the International Humanist and Ethical Union (IHEU), the day is a way of spreading awareness of Humanism as a philosophical life stance and means to effect change in the world. It is also seen as a time for Humanists to gather socially and promote the positive values of Humanism. The holiday developed during the 1980s as several chapters of the American Humanist Association (AHA) began to celebrate it.

Humanists from around the world will gather in larger and smaller groups on June 21st to celebrate this life philosophy. International Humanist and Ethical Union lists several different ways that national and local Humanist groups celebrate World Humanist Day.

Fonte : KeepIn Calendar / Calendarr

Published in: on 21/06/2019 at 00:47  Deixe um comentário  
Tags: , ,

20 de Junho – Dia Internacional do Nikkei – International Day of Nikkei

O Dia Internacional do Nikkei foi instituído em 2018 no Congresso Internacional de Nikkeis (Kaigai Nikkeijin Taikai), em Honolulu, Havaí.

A expressão “Nikkei” significa descendentes nascidos fora do Japão, japoneses que vivem no exterior. Estima-se que há 3,8 milhões de Nikkeis no mundo, sendo o Brasil o país onde há maior número de representantes com 1,9 milhões de Nikkeis. Com o objetivo de valorizar e unir estes indivíduos, decidiu-se declarar o dia 20 de Junho como o Dia Internacional do Nikkei, tendo como marco a chegada do primeiro grupo de imigrantes japoneses no Havaí, dando-se, assim, início em 1868 a história da imigração japonesa.

A decisão dos japoneses de viver definitivamente fora do Japão impactou e transformou, tanto eles próprios, como as sociedades onde se estabeleceram, abrangendo também seus descendentes da segunda, terceira, quarta, e demais gerações que formaram famílias e novas comunidades. Muitos Nikkeis preservam os valores e tradições dos seus antepassados japoneses e contribuem com as comunidades onde se inseriram.

In the 59th Convention of Nikkei & Japanese Abroad held in Hawaii, on June 2018, it was declared June 20th as the “International Day of Nikkei”.

June 20 was the day in which Japanese first arrived in Hawaii as emigrants in 1868.

During the declaration at the convention, June 20 was declared as the International Day of Nikkei to facilitate the link among the Nikkei people of the world and to further contribute to the international community.

Fonte : Revista Mundo OK / Ryukyu Shimpo / CIATE

18 de Junho – Dia Internacional do Piquenique – International Picnic Day

O Dia Internacional do Piquenique convida as pessoas a saírem de casa e do trabalho e a estenderem uma toalha no chão para comer. As comemorações deste dia são simples e qualquer pessoa pode aderir: basta preparar um pouco de comida e levar a cesta e a toalha para o ar livre.

Neste dia, alguns hotéis realizam piqueniques de fim de tarde, com petiscos e iguarias diferentes do habitual; as escolas organizam piqueniques com os alunos e efetuam-se também piqueniques de caridade; algumas empresas optam por convidar os seus colaboradores a almoçar fora do escritório.

A palavra piquenique é de origem francesa e acredita-se que é uma atividade que se popularizou após a Revolução neste país. Há quem diga que a vida não é um piquenique, mas neste dia ela é.

Today we celebrate one of the greatest ways to enjoy the summer season—an outdoor picnic with friends, family, games and activities, and delicious food.

During the Victorian era, picnics were very important social occasions. They offered the rare opportunity for young men and women to spend time together in the great outdoors. They were also quite elaborate. A picnic for twenty people might feature cold salmon, lamb, veal, chicken, ham, pigeon pie, sandwiches, fruit, a selection of cheeses, and a variety of baked goods! The modern-day picnic is much less complicated. In fact, the phrase “it’s a picnic” means “it’s easy.”

To celebrate International Picnic Day, invite your friends and family to a summer picnic. Find a suitable location at a local park or field, and sit back and enjoy an al fresco meal in the company of your loved ones.

Fonte : Keepln Calendar / Calendarr

Published in: on 16/06/2019 at 02:12  Deixe um comentário  
Tags: , , ,

18 de Junho – Dia do Orgulho Autista – Autistic Pride Day

No dia 18 de junho comemora-se o Dia Mundial do Orgulho Autista. A data foi celebrada inicialmente no ano de 2005 pela organização americana Aspies for Freedom. No Brasil, especificamente em Brasília, um grupo de pais, familiares e amigos de pessoas com autismo, aderiu ao movimento, e desde então a data tem se tornado mais popular no país a cada ano.

O objetivo do Dia do Orgulho Autista é mudar a visão negativa dos meios de comunicação quanto ao autismo, e também da sociedade em geral, passando o autismo de “doença” para “diferença”. Assegurar que as pessoas com autismo não são doentes, mas sim que elas possuem algumas características próprias que lhes trazem desafios e recompensas únicas, é a essência da comemoração.

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) envolve atrasos e comprometimentos do desenvolvimento, seja da linguagem, seja no comportamento social. Os sintomas podem ser emocionais, cognitivos, motores ou sensoriais. O diagnóstico definitivo é dado após os 3 anos de idade, mas os sintomas podem ser observados antes disso e os cuidados podem ser iniciados de imediato.

O Ministério dos Direitos Humanos, por meio da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, celebra a data e segue empenhada em garantir os direitos das pessoas com autismo no Brasil.

Autistic Pride Day is a “celebration of the neurodiversity of people on the autism spectrum” to express pride in autism and understand it not as a “disease” but as a “difference.” Autistic Pride Day, an Aspies for Freedom initiative, is a celebration of the neurodiversity of people on the autism spectrum on June 18 each year. Autistic pride recognises the innate potential in all people, including those on the autism spectrum.

In June, the organisations around the world celebrate Autistic Pride Day, with events around the world, to persuade “neuro-typicals”, people not on the autism spectrum, that autistic people are “unique individuals” who should not be seen as cases for treatment.

Autistic pride asserts that autistic people have a unique set of characteristics that provide them many rewards and challenges. Although autism is an expression of neurodiversity, some people promoting Autistic pride believe that some of the difficulties that they experience are as the result of societal issues. For instance, campaigns to gain funding for autism related organizations promote feelings of pity. Researchers and people with high-functioning autism have contributed to a shift in attitudes away from the notion that autism is a deviation from the norm that must be treated or cured, and towards the view that autism is a difference rather than a disability. New Scientist magazine released an article entitled “Autistic and proud” on the first Autistic Pride Day that discussed the idea.

Autism is a lifelong developmental disability that affects how a person communicates with, and relates to, other people. It also affects how they make sense of the world around them.
It is a spectrum condition, which means that, while all people with autism share certain difficulties, their condition will affect them in different ways. Some people with autism are able to live relatively independent lives but others may have accompanying learning disabilities and need a lifetime of specialist support. People with autism may also experience over- or under-sensitivity to sounds, touch, tastes, smells, light or colours.

Fonte : KeepIn Calendar / Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Published in: on 16/06/2019 at 01:59  Deixe um comentário  
Tags: , ,

18 de Junho – Dia Internacional do Sushi – International Sushi Day

Além de ser Dia Nacional da Imigração Japonesa, o dia 18 de junho é o Dia Internacional do Sushi, que passou a ser celebrado a partir de 2009. Quem inventou essa data foi Chris DeMay, administrador e proprietário da página do Facebook “Sushi”.

O Japão retira do mar vários alimentos que compõem a sua culinária tradicional. Os peixes, as algas e os frutos do mar estão presentes em praticamente todos os pratos da gastronomia japonesa. As terras são montanhosas e são poucos os locais onde é possível desenvolver a agricultura, na qual o cultivo de arroz se destaca.

Assim sendo, o arroz e o peixe acabaram se tornando a base da alimentação da nação japonesa. Unindo esses dois alimentos surgiu o sushi, um alimento que tem origens muito remotas. Antigamente, no Japão os peixes ao serem transportados para outros lugares eram conservados no arroz cozido. Os japoneses sabiam que o arroz liberava o ácido acético e láctico que garantiria a qualidade por mais tempo.

Assim, retirava-se a cabeça e as vísceras do peixe e o filé era conservado salgando-o e acondicionando-o entre camadas de arroz, onde o peixe fermentava naturalmente, adquirindo um sabor ácido. A técnica também era usada pelos pescadores que ficavam pescando em alto mar, criando-se assim o sushi prensado.

A técnica de conservação do peixe foi, aos poucos, transformando-se num prato, e o sabor ácido consequente da fermentação foi substituído por ácido acético e, mais tarde, pelo vinagre. Finalmente, o peixe e o arroz com vinagre passaram a contar com o shoyu, enriquecendo ainda mais o seu sabor.

Por volta do século XIV os japoneses, grandes apreciadores de arroz, passam a consumir não só o peixe como também o arroz, antes que este fermentasse. Surge assim o namanarizushi, que originou os tipos de sushi conhecidos na atualidade.

No período Edo (séculos XVII a XIX), o arroz passa a ser temperado com o vinagre e o peixe, devido à fartura de pescados e frutos do mar na baía de Tóquio, passa a ser consumido cru e fresco. Surgiu assim o hayazushi.

Preparado basicamente com arroz, peixes e frutos do mar, o sushi tornou-se moda em vários países do Ocidente, por seu sabor exótico e agradável e por ser reconhecido como uma das iguarias mais saudáveis do mundo.

June 18th is International Sushi Day. This day was first celebrated in 2009. The day was created for one simple reason, to encourage people around the world to eat more sushi.

Sushi is a dish made with cooked, vinegared rice combined with other ingredients. These “other ingredients” are called neta, and they often include raw fish or other seafood. But not always.  Sushi really has nothing to do with raw fish. It refers to the vinegar-seasoned rice used in making what we refer to as sushi. There are many types of this dish that are often wrongly called sushi. Sashimi is simply slices of raw fish. Nigiri is made from forming a handful of rice into a mound and a piece of seafood is placed over the top. Maki rolls are made from wrapping sushi rice and various fillings inside a seaweed wrapper.

Fonte: Japão em Foco / KeepIn Calendar