9 de Janeiro – Dia do Astronauta

Esta comemoração é de origem americana, pois em 9 de janeiro de 1793, o francês Jean-Pierre Blanchard realizou o primeiro voo de balão da América do Norte. Desde então, a data é considerada um marco na conquista do espaço sideral.

Os primeiros astronautas foram os verdadeiros bandeirantes do espaço, pois enfrentaram situações desconhecidas, voaram em naves pequenas, desconfortáveis e utilizando trajes espaciais muito frágeis.

A importância do astronauta se deve ao fato de que ele executa a parte final de importantes missões espaciais, de todo um projeto de pesquisa elaborado pelos cientistas.

Marcos Pontes se tornou o primeiro brasileiro a ir ao espaço em 30 de março de 2006, após cerca de oito anos em treinamento divididos entre a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) e a Agência Espacial Russa (Roscosmos). O astronauta executou oito experimentos científicos de universidades e institutos de pesquisa, cujos resultados iniciais foram apresentados em seminário em novembro do mesmo ano.

A profissão de astronauta tem como pioneiro o russo Yuri Gagarin, primeiro homem a orbitar a Terra, em 1961. Os primeiros astronautas a pisarem em solo lunar foram os americanos: Neil Armstrong e Edwin Aldrin, no dia 20 de julho de 1969. Hoje, o número de pessoas que teve o privilégio ir ao espaço soma pouco mais de 400. O avanço do turismo espacial, no entanto, tem aberto novos horizontes para o acesso ao cosmo.

Em grego, a palavra “astronauta” significa “marinheiro das estrelas”. Conseguir ser astronauta não é missão fácil; as probabilidades são de sete para cada três mil. A reunião dos pré-requisitos exige muitos anos de perseverança, esforço e dedicação. Ao final, são selecionados aqueles que possuem personalidade adequada, profundos conhecimentos e recomendações de destaque na área de sua especialização. A profissão de astronauta requer horas de árduo trabalho. A oportunidade de conseguir fazer um só voo espacial é remota, às vezes nenhuma, durante toda a carreira.

Fonte: Jornal Ponto Final / Redação Terra / Paulinas Online / Missão Centenário

astronauta-dia

Anúncios
Published in: on 02/01/2015 at 22:21  Deixe um comentário  
Tags: , , ,

7 de Janeiro – Dia do Leitor

Comemoração brasileira, surgida a partir do aniversário do jornal cearense “O Povo”, que foi fundado em 7 de janeiro de 1928, pelo poeta e jornalista brasileiro Demócrito Rocha.

Ler é viajar – esta frase é bastante conhecida,  não deixa de ser verdade, pois foi (e ainda é) através da leitura que o homem passou a conhecer lugares onde nunca esteve, se remeter ao passado histórico ou criado e até mesmo, projetar o futuro. Mas ler nem sempre é uma tarefa fácil. No Brasil, cerca de 25 milhões de pessoas em idade possível de leitura (acima de 5 anos) ainda são analfabetos.

É importante lembrar que não se nasce “leitor”. O aprendizado da leitura é um processo infinito de capacitação, que é fomentado pelo contato com livros. Pouco a pouco, a prática da leitura nos faz buscar cada vez livros mais complexos, sejam eles literários ou não, o que indica nosso crescimento na capacidade de interpretação e de abstração.

Ler nunca é uma atividade passiva. Através da leitura, o leitor identifica e cria lugares, personagens e estórias. Muitas vezes, se projeta no que está lendo. O poder do livro em nossa história é tanto que diversas vezes foram proibidos, queimados e censurados, pois iam contra um regime autoritário e totalitário. Assim foi na Inquisição, nas ditaduras militares, que assolaram a América do Sul.

Portanto, apesar da capacidade de informação visual da sociedade em que vivemos, não podemos desprezar a competência do livro em nos fazer viajar.

Fonte: Camocim Imparcial / Soleis / Guia dos Curiosos

leitor-dia

Published in: on 01/01/2015 at 20:42  Deixe um comentário  
Tags: , , , ,

6 de Janeiro – Dia de Reis

A data marca para os católicos o dia para a adoração aos Reis, que a tradição surgida no século VIII converteu nos santos Belchior, Gaspar e Baltazar. Não se sabe sua origem, mas reza a lenda que um dos Reis era negro africano, o outro branco europeu e o terceiro moreno (assírio ou persa), representando a humanidade conhecida da época.

Em muitos países, a troca de presentes é feita neste dia, e não no Natal.

No Brasil, o rico folclore mantém viva a tradição. Por todo o litoral e o interior brasileiro, com todas as suas variantes regionais, se comemora o dia 6 de janeiro em festas como o Terno de Reis, Folia de Reis ou Santos Reis.

Nesta data, ainda, encerram-se para os católicos os festejos natalícios – sendo o dia em que são desarmados os presépios e, por conseguinte, são retirados todos os enfeites natalícios.

Fonte: Wikipédia / Brasil Escola

dia-de-reis

4 de Janeiro – Dia da Abreugrafia

Dia 4 de janeiro, dia do nascimento de Manoel Dias de Abreu, foi instituído como o Dia Nacional da Abreugrafia em homenagem ao médico radiologista, nascido no ano de 1892 em São Paulo. O criador do exame (daí o termo abreugrafia) tornou-se mundialmente conhecido após o desenvolvimento do método diagnóstico e pela sua constante luta contra tuberculose.

Manoel de Abreu formou-se aos 21 anos pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1913. Em 1915, mudou-se para Paris onde frequentou os hospitais Nouvel Hôpital de la Pitié, o laboratório central de Radiologia do Hôtel-Dieu e o Hospital Laennec. Publicou diversos livros, entre eles o “Radiodiagnostic dans la tuberculose pleuro-pulmonaire” e diversos artigos sobre a abreugrafia em periódicos nacionais e internacionais. Em reconhecimento ao seu trabalho, o ilustre radiologista recebeu diversas homenagens das principais entidades médicas. Morreu vítima de câncer de pulmão em 1962, aos 70 anos.

O alto índice de mortalidade por tuberculose nas décadas de 30 e 40, principalmente no Rio de Janeiro, e a ineficácia dos instrumentos utilizados pelas autoridades sanitárias para combater a doença propiciaram o aparecimento da abreugrafia. O primeiro aparelho destinado a realizar exames em massa da população foi construído pela Casa Lohner e instalado na cidade do Rio de Janeiro, em 1937. Roentgenfotografia foi o nome escolhido por Abreu na apresentação da nova técnica à Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, em julho de 1936. Poucos anos mais tarde, em 1939, no I Congresso Nacional de Tuberculose, no Rio de Janeiro, a designação abreugrafia foi aceita por unanimidade.

O exame foi utilizado no rastreamento da tuberculose e doenças ocupacionais pulmonares, difundindo-se rapidamente pelo mundo, graças ao baixo custo operacional e alta eficiência técnica. Unidades móveis foram desenvolvidas e utilizadas em todo mundo.

Nas últimas décadas a manutenção precária dos equipamentos brasileiros (o que facilitava o excesso de exposição a radiação ionizante) e as diretrizes de proteção radiológica cada vez mais rigorosas, acabaram limitando a utilização do método nos diversos países. A radiologia brasileira, entretanto, já havia dado uma importante contribuição para a medicina mundial.

Fonte : Abreu Brasil

abreu

Published in: on 01/01/2015 at 19:55  Deixe um comentário  
Tags: , , , ,

31 de Janeiro – Dia do Mágico

Os mágicos são pessoas que deixam a gente com uma curiosidade danada. Isso porque eles conseguem realizar grandes truques, que, aos nossos olhos, parecem impossíveis, como serrar uma pessoa ao meio, fazê-la desaparecer ou até, transformá-la em um animal. No dia 31 de janeiro é comemorado o Dia Mundial do Mágico, este artista que faz muito mais do que tirar coelhos da cartola ou fazer desaparecer um lenço.

A data é em homenagem a São João Bosco, padroeiro dos mágicos, que, segundo a tradição, era também um mágico. Quando era jovem, o religioso ajudava nas despesas da família trabalhando como acrobata, malabarista e mágico. Após as apresentações, ele repetia a homilia que havia escutado na igreja pela manhã e convidava os presentes a rezar o terço. Dom Bosco morreu em 31 de janeiro de 1888 na cidade de Turim, na Itália, e foi canonizado em 1934 pelo papa Pio XI.

Ao longo do tempo, o conceito de magia foi evoluindo. A arte de iludir, que já foi chamada de escapismo, é usada hoje, basicamente, como entretenimento. Ela cria ilusões que surpreendem, sobretudo porque o mágico faz algo que escapa à lógica comum, como se tivesse poderes sobrenaturais.

Quem popularizou essa arte foi Harry Houdini (1874-1926), o mais famoso mágico de todos os tempos. Sua habilidade impressionante para libertar-se de algemas e correntes, até debaixo d’água, entre outros truques, conquistou grandes platéias em todo o mundo.

David Copperfield inaugurou a era do ilusionismo televiso exibindo truques em programas de auditório e trazendo novo fôlego à arte mágica. Posteriormente, surgiriam mágicos performáticos como David Blane, ou polêmicos como Mister M, que polemizou ao revelar o segredo de vários truques famosos.

O pai da mágica no Brasil é João Peixoto dos Santos (1879-1946). Mineiro da cidade de Formiga, aprendeu a técnica com mágicos árabes que viajavam pelo país. Aos 19 anos, foi estudar mágica em Paris, França. É autor de várias obras sobre o tema.

Fonte: Jornal Ponto Final / FTD

magico_dia

Published in: on 23/01/2014 at 01:19  Deixe um comentário  
Tags: , , ,

30 de Janeiro – Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos

O dia é nacional, mas deveria ser mundial. Hoje tão comuns e indispensáveis em jornais e revistas, as histórias em quadrinhos, como as conhecemos hoje tem seu início em um passado longínquo. O ano era 1869. O dia, 30 de janeiro. O periódico do Rio de Janeiro, chamado Vida Fluminense publicou, neste dia, a primeira história em quadrinhos do mundo: As aventuras do Nhô Quim ou Impressões de uma viagem à Corte, escrita e desenhada por Ângelo Agostini. O personagem desta primeira HQ era um caipira, que, hoje, é um dos símbolos da cidade de Piracicaba.

Conhecido como o pai brasileiro das HQs, Agostini é muito importante para a história do quadrinho nacional, hoje em dia tão desgastada. Ele, por exemplo, é um dos fundadores da mais importante revista de HQ do Brasil na primeira metade do século passado, O Tico-Tico. Ângelo também é peça fundamental para a evolução da caricatura como instrumento político na imprensa nacional.

Em um mundo cultural e economicamente globalizado, o nacionalismo exacerbado muitas vezes é visto com maus olhos. Porém, por conta disto, não podemos compactuar com injustiças. Portanto, se alguma vez você ouvir falar que o primeiro quadrinho do mundo foi a série estadunidense chamada “Yellow Kid” (O Garoto Amarelo), duvide. Nem sempre a voz mais alta é a que tem razão. Afinal, os americanos até hoje juram de pés juntos, e gritam aos quatro cantos do mundo, que os irmãos Wright inventaram o avião. Mas nós sabemos que a aviação tem apenas um pai, e é brasileiro…

Fonte: Novo Hamburgo Org

angelo-agostini

28 de Janeiro – Dia Internacional da Proteção de Dados Pessoais – Data Protection Day

No dia 26 de abril de 2006, por ocasião da sua 962ª reunião, o Comitê de Ministros do Conselho da Europa (CE) decidiu lançar o Dia da Proteção de Dados, a ser comemorado anualmente no dia 28 de janeiro, em homenagem à Convenção108 do Conselho da Europa. Neste dia são realizados vários eventos em cidades da Europa, acadêmicos, educativos e de divulgação. A razão de ser desta data é conscientizar os cidadãos dos “riscos inerentes e associados ao manejo ilegal dos dados pessoais”.

Devido à importância do tema, muitas entidades nos Estados Unidos, Canadá e em outros países aderiram a esta iniciativa, fazendo dela uma data importante para voltar o debate sobre problemas e soluções reais para os desafios da privacidade na Sociedade da Informação.

O internauta, como o consumidor e o cidadão em geral, pouco costumam fazer para proteger as suas informações pessoais e, ao se tentar desenvolver soluções reais e significativas para os problemas relacionados à coleta e utilização destas informações pessoais, o foco deve estar justamente nas organizações – privadas e governamentais – que coletam nossos dados pessoais. O ponto chave é conscientizar e motivar o cidadão a assumir uma postura mais exigente em relação à sua própria expectativa da privacidade e como ela é tratada por aqueles que se utilizam de seus dados.

In order to secure for every individual, whatever his/her nationality or residence, respect for his/her rights and fundamental freedoms, and in particular his/her right to privacy, with regard to automatic processing of personal data relating to him/her, the Council of Europe elaborated the “Convention for the Protection of Individuals with regard to Automatic Processing of Personal Data” which was opened for signature on 28 January 1981. To this day, it still remains the only binding international legal instrument with a worldwide scope of application in this field, open to any country, including countries which are not members of the Council of Europe.

Fonte: Data Protection Day / Habeas Data

dados_pessoais

27 de Janeiro – Dia da Recordação do Holocausto – International Holocaust Remembrance Day

27 de janeiro de 1945 é o dia da libertação do campo de exterminação de Auschwitz. E a Assembleia Geral da ONU declarou esse dia como o Dia da Recordação do Holocausto, um dia especial de recordação dos cerca de 6 milhões de judeus assassinados pelo regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

Após a Segunda Guerra Mundial o termo Holocausto (com inicial maiúscula) passou a ser utilizado especificamente para se referir ao extermínio de milhões de judeus e outros grupos considerados indesejados pelo regime nazista de Adolf Hitler. A maior parte dos exterminados era judia, mas também havia militantes comunistas, homossexuais, ciganos, eslavos, deficientes motores, deficientes mentais, prisioneiros de guerra soviéticos, membros da elite intelectual polaca, russa e de outros países do Leste Europeu, além de ativistas políticos, Testemunhas de Jeová, alguns sacerdotes católicos e sindicalistas, pacientes psiquiátricos e criminosos de delito comum.

Mais tarde, no correr dos Julgamentos de Nuremberg, o termo foi sendo aos poucos adotado por judeus e, em menor número, por esses outros grupos considerados indesejados no regime nazista de Adolf Hitler. Como a maior parte dos perseguidos políticos de Hitler que podiam reclamar eram os judeus, os militantes não aliados foram esquecidos.

Todos estes grupos pereceram lado a lado nos campos de concentração e de extermínio, de acordo com textos e fotografias, testemunhos de sobreviventes numa extensa documentação deixada pelos próprios nazistas, perpetradores e de espectadores, e com o saldo de registros estatísticos de vários países sob ocupação. O número exato de mortes durante essa passagem é desconhecido, mas segundo alguns especialistas estima-se que o número de pessoas desaparecidas, mortas ou assassinadas oscile entre os nove e os onze milhões, seis milhões dos quais judeus.

The International Holocaust Remembrance Day, which occurs on January 27, is the first universal commemoration in memory of the victims of The Holocaust. It was designated by the United Nations General Assembly Resolution 60/7 on 1 November 2005 during the 42nd plenary session.

January 27 is the date, in 1945, when the largest Nazi death camp in Auschwitz-Birkenau (Poland) was liberated by Soviet troops.

Fonte: UOL / Wikipédia

holocausto1

26 de Janeiro – Dia da Austrália – Australia Day

O Dia da Austrália (Australia Day), celebrado a 26 de janeiro, é o dia nacional oficial da Austrália, marcado por festejos e celebrações, bem como atos cívicos.

O Dia da Austrália comemora a chegada de Arthur Phillip a Sydney que ocorreu em 1788. Na maior cidade do país, comemora-se a data com o desfile de barcos próximo à Sydney Harbour Bridge. Há apresentação de artistas em Darling Harbour, onde, no final do dia, os melhores barcos do desfile se reúnem. A noite termina com todos cantando Advance Australia Fair (hino nacional da Austrália) em frente à iluminada e imponente bandeira australiana que fica naquela baía.

As principais celebrações, e também as mais tradicionais, são Order of Australia e Australian of the year (Ordem da Austrália e Australiano do ano). Ambas celebrações tem como objetivo homenagear um cidadão que tenha alcançado alguma honra para o país.

Muitos nativos australianos e imigrantes criticam as comemorações e ainda dizem que deveria se chamar Dia da Invasão sendo que no dia comemorado, houve a chegada dos primeiros navios com colonos.

Australia Day, also previously known as Anniversary Day and Foundation Day, is the official national day of Australia. Celebrated annually on 26 January, the day commemorates the arrival of the First Fleet at Sydney Cove in 1788, the hoisting of the British flag there, and the proclamation of British sovereignty over the eastern seaboard of Australia.

Fonte: Wikipédia

australia_day

24 de Janeiro – Dia Nacional do Aposentado

Em 24 de janeiro, comemora-se o Dia Nacional do Aposentado – a data foi escolhida porque nesse mesmo dia, em 1923, ocorreu a assinatura da Lei Eloi Chaves, criando, na época, a caixa de aposentadorias e pensões para os empregados de todas as empresas privadas das estradas de ferro. É o marco histórico da Previdência Social, que até então atendia apenas os funcionários do governo federal.

Um documento da Organização das Nações Unidas (ONU) concluiu que o número de idosos no mundo inteiro será maior que o de crianças, pela primeira vez na história, em 2045 e essa mudança provocará impactos em vários aspectos, inclusive no crescimento econômico, nos padrões de consumo e nas aposentadorias.

No Brasil, em 2007, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, realizada pelo IBGE, mostrou que existem no país quase 20 milhões de idosos, quase 9 milhões na faixa etária de 70 anos ou mais. O aumento da expectativa de vida e sua relação com aposentadorias é um fenômeno alvo da atenção de diversos governos no mundo. Por conta disso, vários países já estão adequando parâmetros, aumentando a idade mínima para o início da aposentadoria, a exemplo do que já aconteceu na Dinamarca, Holanda e Alemanha, onde a partir de 2010, os trabalhadores só poderão se aposentar a partir de 67 anos, onde hoje a idade mínima é 65 anos.

Hoje existem 26,6 milhões de aposentados e pensionistas na folha de pagamento da Previdência Social. Desse total, 9 milhões ganham acima de um salário mínimo e desde 1991 tiveram o índice de reajuste desvinculado do salário mínimo.

Fonte: Sindifisco Nacional / Infonet

aposentado_dia