Scripts

Em informática, o termo script é utilizado para designar uma sequência de comando e tarefas a serem executadas. Os scripts do Orkut, por exemplo, são scripts de formatação, pois os códigos são usados para formatar mensagens, aplicar efeitos especiais.

A maioria dos efeitos criados em páginas web e blogs, como alterar a cor do cursor do mouse, da barra de rolagem, entre outros, são feitos através de scripts.

Existem ainda os scripts shell, os quais possuem uma sequência de comando do DOS que são executados quando solicitados. Este tipo de script é mais usado por técnicos de informática ou pessoas que trabalham muito no prompt de comando do Windows (a famosa tela preta).

Scripts são sequências de comandos a serem executados, por isso podem ser perigosos. Algumas páginas na Internet possuem scripts que conseguem burlar a segurança dos navegadores e instalar vírus e outras pragas em seu computador.

Por esta razão, hoje os navegadores bloqueiam qualquer script que não esteja autorizado pelo usuário a ser executado. Mesmo com este bloqueio dos navegadores, o uso de um bom antivírus é indispensável para proteger seu computador.

Fonte: TecMundo

Published in: on 07/08/2011 at 23:05  Deixe um comentário  
Tags: , , , , ,

Orkut versus Facebook

Cada vez mais o Facebook vem ganhando mais adeptos no Brasil e a migração de muitos que estão no Orkut para a maior rede social do mundo tem se demonstrado uma tendência. As duas redes sociais travam uma guerra relativamente silenciosa, porém muito franca, pela audiência dos usuários de internet no país. Especialmente desde agosto de 2009, quando o criador e diretor do Facebook, Mark Zuckerberg, esteve no Brasil pessoalmente e afirmou que o país é essencial em seu objetivo de “conectar o mundo inteiro”. Na época, o Facebook já era a maior do planeta, com 250 milhões de usuários, mas tinha apenas 1,3 milhão no Brasil. Atualmente já são mais de 750 milhões no total e mais de 21 milhões de brasileiros.

O Brasil entrou no mapa e se tornou um fenômeno das redes sociais em 2004, ao adotar o Orkut como nenhum outro país. E apesar de todo o crescimento do Facebook por aqui, a rede social do Google continua comandando. Para se ter uma ideia, os brasileiros representam nada menos que 50,6% dos cerca de 60 milhões de usuários no mundo e é o único país no qual o Facebook ainda não é líder. O Brasil é apenas o nono país no ranking de usuários do Facebook, atrás de lugares com populações bem menores, como Reino Unido (4º), Turquia (5º) e França (8º). Já no Orkut, os brasileiros lideram com quase o dobro de usuários da Índia.

Por se tratar da rede social dos mais jovens e das classes C, D e E, justamente o público que começa a entrar na internet, o Orkut acaba mantendo uma boa vantagem na liderança, mesmo com todo o crescimento e com a migração natural para o Facebook.

Os brasileiros que se iniciam na internet, muitos deles em lan houses, já começam por uma trinca consagrada nos últimos anos: uma conta de e-mail, um perfil no MSN e outro no Orkut. Com isso, por mais que o Facebook cresça, o Orkut acaba se mantendo como o mais popular. No Facebook o perfil dos usuários é de pessoas de maior poder aquisitivo, mais idade e, consequentemente, de maior escolaridade.

O Facebook apresenta um visual extremamente mais limpo, livre dos spams que aparecem nos scraps, com gifs animadas piscantes, orações e propagandas indesejadas. A grande atração está na timeline das pessoas ou das páginas que nós curtimos. É onde a interação acontece, com posts e verdadeiros debates dentro deles. Já no Orkut o grande trunfo está nas comunidades. Apesar de uma parte significativa das comunidades ser um grande repositório de bobagens, outra parte tão importante quanto guarda preciosos tópicos com trocas de informações entre usuários e podem ser considerados excelentes locais de informação.

As estratégias e artimanhas de ambos para atrair mais usuários vai continuar, mas lembre-se: sua rede social favorita sempre tende a ser aquela na qual estão os seus amigos. Se a maioria dos seus amigos for para o Facebook, de nada adianta você achar o Orkut lindo e maravilhoso, mas, por outro lado, não adianta você se apaixonar pelo Facebook se a maioria dos seus amigos segue interagindo no Orkut.

Fonte: Techtudo

Computador Infectado

Os vírus estão circulando por aí e segundo uma pesquisa recente surgem mais de 50.000 novos destes códigos maliciosos por mês, ou seja mais de 1500 por dia. Se considerarmos que os melhores antivírus do mercado tem uma taxa de acerto de no máximo 97%, é quase certo que em algum momento o seu computador será infectado com algum malware.

Com todo este exército mal intencionado é bom ficar de olho nos sintomas que podem indicar que seu micro foi capturado por um hacker e agora faz parte da chamada “Botnet” ou “Rede zumbi”. Computadores nesta situação podem ser utilizados como fontes de ataques a outras vítimas na Internet, para o armazenamento de conteúdo ilegal ou o envio de e-mails não solicitados (os chamados SPAMs).

Se o seu computador de uma hora para outra se torna muito lento, desconfie. Isso pode ser causado por um vírus sendo executado de forma oculta e que está consumindo recursos do seu  computador, como o tempo do processador. Se a Internet também se tornou lenta, isto pode indicar que o atacante pode estar enviando ou recebendo grande quantidade de dados e ocupando o canal de comunicação.

Fique atento ao barulho do Cooler (o ventilador que refrigera o processador). Se ele funciona em alta velocidade mesmo quando o computador não está ligado e sem uso, isto pode indicar que um programa está em execução e está exigindo bastante da CPU.

Quando todas as tentativas de atualização do sistema operacional ou do antivírus falham, é devido a tentativa do Malware de impedir que novas versões, com correções de vulnerabilidades ou novas formas de identificação de vírus, sejam baixadas para seu computador. Isto certamente complicaria muito a vida do atacante.

Comportamentos inesperados como o aparecimento de janelas de pop-up mesmo quando você não está usando um navegador da Internet, ou se seus amigos e familiares vem recebendo e-mails seus que não foram enviados por você, podem ser fortes indicadores de problemas. No caso dos e-mails este sintoma pode indicar também que sua conta de e-mail foi invadida.

Se o seu computador demora muito para desligar, ou simplesmente não desliga através das opções normais pode ser um outro sintoma importante. Neste caso os vírus causam mal funcionamento do sistema o que impede o desligamento correto.

Se um ou mais comportamentos como estes acontecem no seu computador, fique atento e reforce a segurança com um antivírus atualizado, um anti-spyware e um firewall pessoal.

Fonte: 40 graus

Published in: on 24/01/2011 at 00:28  Deixe um comentário  
Tags: , , , , , , ,