19 de Novembro – Dia Mundial do Banheiro – World Toilet Day

World Toilet Organization é uma organização global sem fins lucrativos empenhada em melhorar as condições de higiene e saneamento em todo o mundo.

Segundo as Nações Unidas, 38% da população do mundo não têm condições sanitárias adequadas. O Dia Mundial do Banheiro foi inventado justamente para reduzir essa porcentagem e debater sobre preocupações higiênicas. A meta é reduzir para 19% o número até 2015.

2,4 bilhões de pessoas em todo o mundo não possuem saneamento adequado e todos os anos 2,5 milhões de crianças morrem de diarreia, que poderia ter sido impedida se existissem boas condições de saneamento. Onde não existem locais seguros e limpos para as necessidades físicas, as pessoas estão expostas a doenças, falta de privacidade e a uma situação indigna.

As doenças geralmente relacionadas com a falta de água potável, o saneamento e as más condições higiênicas são: cólera, hepatite A, tracoma , disenteria, giardíase, poliomielite , e-coli, diarreia, febre tifóide , envenenamento alimentar causado por salmonela, bilhárzia, verme da Guiné e parasitas intestinais tais como o ancilóstomo e a solitária.

Um grama de fezes pode conter 10 milhões de vírus, 1 milhão de bactérias, 1.000 quistos de parasitas e 100 ovos de parasitas.

World Toilet Day was established on 19 November 2001 by the World Toilet Organization.  Celebrated annually, it seeks to increase awareness of the importance of toilet sanitation and each individual’s right to a safe and hygienic sanitary environment.

World Toilet Organization (WTO) is a global non- profit organization committed to improving toilet and sanitation conditions worldwide.

Fonte: World Toilet Organization / WTO / WaterAid

banheiro

 

 

Anúncios

15 de Outubro – Dia Mundial de Lavagem das Mãos – Global Handwashing Day

O Dia Mundial de Lavagem das Mãos, instituído pela UNICEF e a OMS, visa a promoção de boas práticas de higiene na população e a redução da mortalidade infantil. O simples gesto de lavar as mãos pode salvar a vida de um milhão de crianças por ano no mundo, segundo a Unicef.

A cada dia no mundo, 5.000 crianças de menos de cinco anos morrem de doenças diarréicas. A metade destas mortes pode ser evitada se as crianças desenvolverem o hábito de se lavar as mãos com sabão, antes do almoço e depois de ir ao banheiro.

O Dia Mundial de Lavagem das Mãos abre uma verdadeira batalha planetária pela higiene, cujos protagonistas serão as próprias crianças. São as crianças, em casa com a família ou na comunidade, que vão introduzir em seu meio um gesto simples que salva vidas.

Em mais de 60 países em desenvolvimento, principalmente na Ásia e na África, atividades em escolas vão sensibilizar as crianças à higiene.

A lavagem das mãos não é de longe uma prática corrente em muitos destes países: vai de zero a 34% das crianças, segundo a Unicef.

Na Ásia, as condições de higiene são particularmente precárias na Índia, em Bangladesh e no Afeganistão. Na África Ocidental a diarréia é a terceira causa da mortalidade infantil.

A lavagem de mãos com sabão é o meio mais eficaz e mais barato de prevenir mortes por diarréia e reduzir os riscos de cólera e de pneumonia.

Global Handwashing Day is a campaign to motivate and mobilize millions around the world to wash their hands with soap. The campaign is dedicated to raising awareness of handwashing with soap as a key approach to disease prevention. It was made at the annual World Water Week 2008, which was held in Stockholm from August 17 to 23 and initiated the Public Private Partnership for Handwashing (PPPHW). The Global Handwashing Day took place for the first time on October 15, 2008, the date appointed by UN General Assembly in accordance with year 2008 as the International Year of Sanitation.

Fonte: Global Handwashind Day Org / AFP / Wikipédia

lavagem_maos

 

Como Limpar Vassouras

A vassoura é uma ferramenta bastante utilizada para fazer a limpeza da casa. Usar uma vassoura suja para o trabalho pode ser ineficiente, fazendo com que se aumente o tempo e esforço necessário para varrer o chão.

Não basta usar o modelo de vassoura correto para varrer cada tipo de ambiente, também é preciso higienizá-la. Quando limpamos uma vassoura, também removemos todo a sujeira que ela possa ter acumulado.

Limpar a vassoura não é uma tarefa trabalhosa, podemos utilizar itens domésticos, fáceis de serem encontrados pela casa. Depois de aprender como limpá-la, poderá utilizar a ferramenta com muito mais eficiência, ajudando a remover a poeira, pelos, areia, restos de alimentos e toda a sujeira que ela possa eliminar.

INSTRUÇÕES

Diferentemente da vassoura elétrica, vassouras naturais e sintéticas precisam ser lavadas em intervalos regulares. Fácil e simples, a limpeza da vassoura deve ser feita em uma periodicidade mensal, fundamental para remover detritos preso nas cerdas com mais facilidade.

Durante a manutenção, você pode usar luvas e uma escova dura para remover a maior quantidade de sujidades impregnadas das cerdas.

Vassouras de cerdas sintéticas, seja de nylon, silicone ou PET devem ser lavadas e deixadas de molho por 15 minutos em um balde com água quente, detergente neutro e desinfetante.

Vassouras de cerdas naturais, seja de pelo, piaçava ou palha devem ser mergulhadas em água morna com sabão neutro.

O cabo da vassoura também deve ser limpo, utilize um pano umedecido com vinagre ou desinfetante doméstico.

Após a lavagem, pendure as vassouras para secá-las ao ar livre, deixe-as com as cerdas voltadas para cima. Se você precisa utilizá-la antes que esteja totalmente seca, use uma toalha velha para absorver o maior excesso de líquido possível.

DICAS E INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Economize tempo e lave-as todas de uma só vez, remova o cabo das vassouras e, em seguida, deixe-as de molho em um balde com a solução de limpeza.

Para que não deformem e percam o formato, nunca deixe as vassouras com as cerdas para baixo, procure deixá-las penduradas por ganchos ou apoiadas com as cerdas para cima.

As vassouras podem ser limpas após cada utilização com uma escova de cerdas duras, se deseja mais praticidade, faça a manutenção diretamente em um saco plástico.

Fonte: Como Limpar Vassouras

vassouras

 

Published in: on 29/09/2016 at 13:15  Deixe um comentário  
Tags: , , ,

15 de Maio – Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares

A  lei número 11.723/08 cria o Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares.

A data, a ser comemorada no dia 15 de maio, visa conscientizar autoridades sanitárias, diretores de hospitais e trabalhadores de saúde sobre a importância da questão. De acordo com a nova lei, o Ministério da Saúde desenvolverá campanhas de comunicação e ações educativas com o objetivo de aumentar a consciência pública.

Atualmente as infecções hospitalares voltaram aos noticiários. A única maneira de amenizar o problema é através do controle e da prevenção. A Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disponibiliza no seu endereço eletrônico o manual “Segurança do Paciente – Higienização das mãos em Serviços de Saúde” que traz algumas orientações acerca da questão.

Fonte: CMB

controle-

Higiene Íntima

Feminina

Devemos entender que a genitália feminina detesta ser agredida com produtos químicos e que mesmo mantendo mecanismos próprios de proteção, não é por isso que vamos deixar de fazer a higiene que ela merece e necessita. Vão aí algumas dicas:

1- Use sempre sabonetes neutros; jamais use desodorantes íntimos; mantenha os pelos pubianos aparados.

2 – Após urinar, seque a vulva encostando o papel higiênico, sem fazer movimentos bruscos, para evitar que o papel esfarele e deixe pequenos pedaços grudados; nunca traga o papel de trás para a frente pois poderá contaminar a vagina com bactérias que habitam normalmente a região perianal .

3 – No banho, procure afastar os lábios vaginais para fazer a higiene dos sulcos interlabiais.

4 – Não é necessário lavar ou fazer “chuveirinho” dentro da vagina.

5 – Evite o uso habitual de absorvente fora do período menstrual.

6 – Durante a menstruação troque o absorvente externo ou interno com frequência.

7 – Dê preferência às roupas íntimas de tecido natural como o algodão; as calcinhas de “lycra” ou renda aumentam a temperatura e são irritantes das mucosas.

8 – Evite usar roupas apertadas no dia-a-dia, durma com roupas soltas, e dispense a calcinha sempre que possível.

9 – Procure urinar após a relação sexual, esse hábito ajuda a evitar a cistite já que o jato urinário lava a uretra, que em algumas mulheres se contamina com muita facilidade no coito.

Masculina

Higiene nada mais é que cuidar da saúde. Além das instruções já conhecidas sobre higiene genital, como: evitar relações quando enfermo; tratar das doenças; lavar os genitais com água corrente antes e depois do sexo oral e também após urinar ou defecar. Alguns cuidados extras devem ser tomados para o homem ficar em dia com sua saúde:

1 – Apesar de ser antiromântico, após qualquer tipo de contato sexual, deve-se lavar os genitais com água corrente, mesmo tendo usado preservativo.

2 – Usar um sabonete neutro e massageá-los levemente, incluir a glande, prepúcio, corpo de pênis, região pubiana, região anal e perianal.

3 – Há homens em que a produção e acúmulo de esmegma (o popular sebo do pênis), é mais exuberante. Nestes casos, a higiene deve ser feita com a frequência adequada a cada indivíduo: tantas vezes quantas forem necessárias para manter o pênis limpo.

4 – Os pelos pubianos, escrotais, perianais e das virilhas, possuem uma função pouco conhecida e relegada a segundo plano: reduzir o atrito entre duas superfícies cutâneas que se tocam. Portanto, não se deve raspar tais pelos sob pena de ocorrer reações locais tais como infecções, irritações e escoriações da pele. Os que assim preferirem, devem evitar raspá-los com lâminas, fazendo apenas a “poda” dos pelos com tesoura, deixando-os, no mínimo, com 1,5 cm de comprimento.

Fonte: ABC do Sexo

Published in: on 13/11/2011 at 15:39  Deixe um comentário  
Tags: , , , , , , ,