6 de Setembro – Dia do Sexo

No dia 6 de setembro — sugestivamente, 06/09 — é comemorado o Dia do Sexo. A data é celebrada desde 2008, após uma ação de marketing de um fabricante de preservativos.

6/9 é uma data sugestiva para comemorar o Dia do Sexo, mas seja consciente e use preservativo.

O que é Sexo Seguro

Sexo seguro é o sexo sem o risco de ser contaminado ou contaminar o(a) seu(sua) parceiro(a) com doenças sexualmente transmissíveis, através do uso da camisinha. É necessário observar que o uso da camisinha, apesar de proporcionar excelente proteção, não proporciona proteção absoluta, pois pode ocorrer ruptura, perfuração, deslizamento, etc.

A camisinha é um objeto de material elástico, derivado da borracha (látex), relativamente resistente que envolve os genitais masculinos (mais usado) ou femininos durante o coito, impedindo o já citado contacto entre os fluidos corpóreos das pessoas que estão praticando o relacionamento íntimo.

Além da proteção contra as DST, os preservativos constituem um método anticoncepcional seguro, quando usados adequadamente.

O mercado diversificou muito a industrialização das camisinhas. Hoje encontramos camisinhas texturizadas, com formatos especiais, coloridas, lubrificadas, com perfume, sabor, etc.

Fonte: DST

dia-sexo-1

 

Anúncios
Published in: on 06/09/2016 at 12:02  Deixe um comentário  
Tags: , , , ,

Simpatias e Superstições Para o Ano Novo

A virada de um ano para outro, já é, por si só, um acontecimento mágico. Em uma fração de segundos terminamos um ano e começamos outro. Acrescentar a esse momento algumas poções de encantamento pode trazer mais energia positiva e, quem sabe, até ajudar a realizar alguns sonhos.

Começar o ano novo com o pé direito já é uma regra. Que tal fazer algumas simpatias? Pode ser divertido e, quem sabe, dá certo?

Comidas que dão sorte:

– Lentilhas: comer uma colher de sopa é suficiente para assegurar um ano inteiro de muita fartura à mesa.

– Romãs: para atrair dinheiro, coma sete partes e guarde as sementes na carteira.

– Carne de porco: deve ser o prato principal da ceia, servida à meia-noite. Como o porco fuça pra frente, garante armários cheios o ano todo. Evite o peru, que cisca para trás.

A moda que dá sorte:

– Calcinha e cueca novas: dão sorte no amor, porque deixam os mal-entendidos para trás. São recomendadas principalmente para quem está começando um namoro, para garantir o futuro.

– Roupa branca: o branco representa luz, pureza, bondade.

– Qualquer peça amarela: pode ser uma peça íntima, um lenço, uma faixa ou um pequeno lacinho amarelo (que deve ficar sempre na sua bolsa). O amarelo representa o poder do ouro e atrai dinheiro.

– Uma nota de dinheiro dentro do sapato: os orientais dizem que a energia entra no nosso corpo pelos pés. Daí o dinheiro no sapato atrai mais e mais riquezas.

– Lençóis novos: a dica é especial para recém-casados. Dizem que os lençóis novos, na primeira noite de ano, deixam as possíveis ameaças do ano passado na máquina de lavar.

Os cuidados com a casa: (tudo isso atrai boa sorte e bons fluidos no Ano Novo que vai chegar)

– A casa deverá ser limpa, varrendo-a de trás para frente, e o lixo deve ser deixado fora. As vassouras devem ser queimadas e as cinzas enterradas.

– Nada quebrado deve ser deixado na casa (jarros de planta, garrafas, copos, pratos e espelhos).

– Lave os batentes da casa com sal grosso e água, ou água do mar.

– Borrife a casa com água-benta nos quatro cantos. O ideal é pintar toda a casa, colocar lâmpadas novas (não deixar lâmpadas queimadas).

– Verifique se os sapatos estão em ordem e se as roupas não estão pelo avesso.

– As flores da casa devem ser amarelas para chamar ouro.

– As portas e janelas das casas devem estar abertas e as luzes acesas.

À meia-noite, depois dos abraços:

– Pular só com o pé direito: atrai boas coisas para a sua vida, pois, segundo a Bíblia, tudo que está à direita é bom.

– Jogar moedas da rua para dentro de casa.: atrai riqueza para todos que moram no lugar.

– Dar três pulinhos, com uma taça de champanhe na mão, sem derramar uma gota. Depois, jogar todo o champanhe para trás, de uma vez só, sem olhar. Deixa para trás tudo de ruim. Não se preocupe em molhar os outros: quem for atingido pelo champanhe terá sorte garantida o ano todo.

– Subir num degrau, numa cadeira, enfim, em qualquer coisa num nível mais alto. Diz o folclore que isso dá impulso à sua vontade de subir na vida. Comece, é claro, com o pé direito.

– Fazer barulho: os povos antigos acreditavam que afugenta os maus espíritos. Vale apito, batucada, bater panelas, desde que seja exatamente à meia-noite. Dizem que não há mal que resista.

– Acender velas na praia ou jogar rosas nos espelhos de água, em intenção de Iemanjá. A deusa africana protege seus fiéis, com saúde, amor e dinheiro o ano todo, dia o candomblé.

– Há ainda o costume de receber o Ano Novo, à meia-noite, com fogos de artifícios, sinos tocando e muita música.

Para nunca faltar Dinheiro:

– Compre um lenço e na noite de 31 de dezembro, exatamente na hora da passagem do ano novo, molhe-o e coloque-o para secar. Antes do sol nascer, recolha o lenço e amarre dentro dele alguns níqueis. Só abra esse embrulho na meia-noite do próximo 31 de dezembro. Daí para frente, nunca mais há de faltar dinheiro.

Superstições:

– Não passe o Ano Novo com os bolsos vazios.

– Coma doze uvas verdes, à meia-noite do Ano Novo, para ter dinheiro em todos os meses do ano.

– Guarde em lugar seguro, para ninguém achar, a tampa da garrafa de champanhe, que tenha feito muito barulho, usada na festa de Ano Novo, chama dinheiro.

– Defume a casa, na véspera do Ano Novo, com um defumador feito com carvão, xerém e açúcar. Além de chamar sorte e dinheiro, tira, também, o azar do ano velho.

– No dia de Reis (6 de janeiro), coloque três caroços de romã dentro da carteira, para ter dinheiro durante o Ano Novo

Fonte: Mulher de Classe

simpatia2

Published in: on 20/12/2015 at 03:23  Deixe um comentário  
Tags: , , , , , ,

14 de Fevereiro – Dia de São Valentim – Valentine’s Day

Namorados de boa parte do mundo trocam presentes no dia 14 de fevereiro em comemoração ao Dia de São Valentim.

Durante o governo do imperador Cláudio II, este proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objetivo de formar um grande e poderoso exército. Cláudio acreditava que os jovens se não tivessem família, alistariam-se com maior facilidade.

No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentim e as cerimônias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega: Asterias, filha do carcereiro a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim. Os dois acabaram apaixonando-se e milagrosamente a jovem recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: “de seu Valentim”, expressão ainda hoje utilizada.

Valentim foi decapitado em 14 de fevereiro de 270.

Every February 14, across the United States and in other places around the world, candy, flowers and gifts are exchanged between loved ones, all in the name of St. Valentine.

One legend contends that Valentine was a priest who served during the third century in Rome. When Emperor Claudius II decided that single men made better soldiers than those with wives and families, he outlawed marriage for young men — his crop of potential soldiers. Valentine, realizing the injustice of the decree, defied Claudius and continued to perform marriages for young lovers in secret. When Valentine’s actions were discovered, Claudius ordered that he be put to death.

Fonte: Wikipédia / History

Valentim1

19 de Julho – Dia da Caridade

No Brasil, o dia 19 de julho tornou-se oficialmente o Dia da Caridade através da Lei número 5.063, de 1966, por decreto do então presidente Humberto Castelo Branco. Ironicamente, em plena ditadura militar.

A caridade sempre esteve presente, em maior ou menor grau, na história da humanidade. As pessoas de um mesmo grupo social se ajudavam, e a partir desta troca se dava o progresso do grupo e dos indivíduos. Mas o conceito de caridade se tornou mais claro com o cristianismo, através do mandamento que diz: “amai-vos uns aos outros”. Este é o princípio da caridade, amar e ajudar ao próximo.

Ao longo dos séculos, a caridade foi sendo exercitada não apenas pela Igreja, mas por pessoas e grupos que tinham como objetivo fazer o bem ao próximo. Hoje, solidariedade é um termo mais presente na sociedade. É um conceito abrangente, mas em sua origem está a ideia de caridade.

Fonte: Portoweb

caridade2

12 de Junho – Dia dos Namorados

Seu surgimento foi em homenagem aos deuses Juno e Lupercus, conhecidos como os protetores dos casais. No dia 15 de fevereiro faziam uma festa a estes, agradecendo a fertilidade da terra, os rapazes colocavam nomes de moças em papeizinhos para serem sorteados. O papel retirado seria o nome de sua esposa.

Como muitos casais apaixonados eram impedidos por suas famílias de casar, um padre de nome Valentino passou a realizar matrimônios às escondidas, quando os casais fugiam, para que não ficassem sem receber as bênçãos de Deus.

Com isso, o dia 14 de fevereiro passou a ser considerado o dia de São Valentin (Valentine’s Day), em homenagem ao padre, sendo comemorado nos Estados Unidos, na Europa e no Japão como o dia dos namorados.

A divulgação da data no Brasil foi feita pelo empresário João Dória, que havia chegado do exterior. Representantes do comércio acharam uma ótima ideia para aquecer as vendas e escolheram o dia 12 de junho para ser o dia dos namorados em nosso país. A data foi escolhida às vésperas do dia de santo Antônio, o santo casamenteiro.

Fonte: Brasil Escola

namorados2

Published in: on 10/06/2013 at 02:03  Deixe um comentário  
Tags: , , , ,

Senhor de 60 anos se casa com antigo amor depois de reencontrá-la no Facebook

O amor não tem idade e, com o advento da Internet, também não mede distâncias de tempo e espaço. A história do casal Hugh Forsythe, 60 anos, e Maureen Wallace, 62, é a mais nova prova desta teoria. Graças ao Facebook, eles se casaram 42 anos depois do término do namoro.

Maureen terminou um namoro de quatro meses com Hugh em 1970. Ele ficou arrasado, mas seguiu com a vida. Se casou, teve filhos, e ficou viúvo em 2009.

Então, durante uma visita a um parente distante no meio do ano passado, Hugh ficou sabendo que Maureen havia se divorciado, depois de um casamento de 27 anos. Isso foi o suficiente para iniciar a busca pela paixão do passado. “Eu nunca esqueci Maureen ao longo dos anos. Ela foi o meu primeiro amor, e não ia deixá-la escapar de novo”, disse Hugh ao Daily Mail.

Porém, a missão não era nada fácil. Ao procurar pelo nome Maureen Stewart no Facebook, ele encontrou várias pessoas com o mesmo nome. Hugh não teve dúvidas e mandou a mesma mensagem para todas as mulheres que ele encontrou na rede com o mesmo nome. A estratégia deu resultado e ele teve a resposta que tanto esperava.

A partir daí, os dois recomeçaram o relacionamento e relembraram os momentos do passado, revisitando os locais que frequentavam na década de 1970. Maureen e Hugh namoraram alguns meses no “mundo offline” e, decididos que foram feitos um para o outro, se casaram um pouco antes do Natal.

“Eu o amava, mas nunca disse isso a ele. Nem em meus sonhos mais loucos imaginei que nos encontraríamos novamente, mas felizmente o Facebook nos uniu”, disse Maureen. Que Hugh e Maureen sejam felizes para sempre. Felicidades ao casal.

Fonte: Tech Tudo / Daily Mail

Published in: on 10/01/2012 at 12:02  Deixe um comentário  
Tags: , , , ,