31 de Março – Dia da Integração Nacional

Integração nacional é o conjunto de políticas de desenvolvimento nacional para permitir o desenvolvimento sustentável das economias regionais do país. A finalidade das políticas de integração nacional é minimizar as diferenças econômicas existentes nas várias partes do país, de forma a garantir um desenvolvimento equânime, com oportunidades a todos os cidadãos.

O Brasil é conhecido pelos contrastes regionais que o dividiram em dois polos econômicos: o Sul, rico e desenvolvido, e o Norte, pobre e atrasado. Além disso, há a divisão em polos demográficos: a região costeira superpopulosa e o interior com baixa densidade demográfica.

O modo de colonização do Brasil foi o grande causador de todos esses contrastes. Inicialmente, a economia açucareira provocou uma concentração populacional na região litorânea, que se intensificou quando do ciclo da mineração. A precariedade dos transportes e da comunicação contribuiu para dificultar a ocupação do interior, característica que persiste até hoje. A falência da economia açucareira, a rota do ouro e a economia cafeeira foram fatores determinantes para a concentração populacional no Sudeste. Com a industrialização, as regiões com maiores concentrações demográficas foram, consequentemente, aquelas beneficiadas com a instalação de indústrias. Como resultado, houve demanda de mão-de-obra e migração de trabalhadores de outras regiões do Brasil para o Sudeste.

Felizmente, os esforços do governo brasileiro têm obtido êxito na minimização desse contraste. As políticas de desenvolvimento sustentado, os incentivos fiscais e os investimentos em infraestrutura têm atraído empresas e indústrias para os estados brasileiros menos favorecidos. Isso permite que as populações desses locais tenham acesso a empregos, melhores condições de vida e oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional. Consequentemente, essa melhora atrai novos moradores, promovendo melhor distribuição demográfica.

A partir de 1970 houve maior mobilidade em relação ao Centro-Norte. A região Norte começou a organizar sua economia, com incentivos do governo, por meio do Projeto Calha Norte, cujo objetivo era promover a ocupação e o desenvolvimento ordenado da Amazônia setentrional, respeitadas as características regionais, as diferenças culturais e o meio ambiente, em harmonia com os interesses nacionais.

Atualmente, o governo mantém projetos semelhantes para o desenvolvimento do Nordeste e ocupação do Centro-Oeste, sob o comando do Ministério da Integração Nacional, que organiza a política de integração nacional.

Fonte: Portal Paulinas

integracao_nacional1

The URI to TrackBack this entry is: https://emiliaeiko.wordpress.com/2014/03/29/31-de-marco-dia-da-integracao-nacional/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: